Os impactos ambientais decorrentes do rompimento da barragem em Mariana

  • Talles Jhonattan Elias de Souza
Palavras-chave: Barragem, Mineração, Rompimento, Catástrofe Ambiental, Milhões, Bilhões

Resumo

Diante da maior catástrofe ambiental ocorrida no subdistrito de Bento Rodrigues na cidade de Mariana-MG, faz necessário que trabalhos científicos passem a mostrar a realidade dos enormes prejuízos ocasionados pelas mineradoras tanto à fauna e flora com também aos seres humanos envolvidos. O presente artigo tem por interesse colocar nossos legisladores a refletir sobre qual futuro queremos para o país, uma vez que a multa máxima ambiental permitida aplicar à ré não atende as estimativas verídicas do fato. Colocando tanto os criadores da lei como os aplicadores dela há refletir por que no Brasil a multa pode chegar apenas em milhões enquanto no primeiro mundo chegam em bilhões. Quanto aos danos cabe salientar a grande importância do Ministério Público para fiscalizar e cobrar ações que busquem reparar todas lesões ao meio ambiente e méritos difusos decorrente desse drama.

Biografia do Autor

Talles Jhonattan Elias de Souza

Bacharel em Direito pela Faculdade Fortium. Advogado. Pós-Graduado em Direito Administrativo com ênfase em Gestão Pública pela FNSL. Atualmente exerce função pública na Marinha. Interessa-se por continuação em estudos científicos.

Publicado
2019-06-19
Edição
Seção
Artigos